Gabriyou / scraperwiki-aula1

scraperwiki-aula1


Forked from ScraperWiki

Contributors Gabriyou

This scraper has not yet been run

Data

Downloaded 1 time by MikeRalphson

To download data sign in with GitHub

Download table (as CSV) Download SQLite database (0 Bytes) Use the API

rows 4 / 4

autor titulo editoria_link texto editoria
O Globo
PM anuncia a prisão do maior hacker do Rio de Janeiro
Plantão | Publicada em 13/07/2011 às 18h01mRIO - Policiais militares do Serviço Reservado do Batalhão de Botafogo prenderam, na tarde desta quarta-feira, um homem de 31 anos, considerado o maior hacker do Rio de Janeiro. Conhecido como Weber, ele foi detido quando tentava armar mais um golpe de estelionato, desta vez contra o Fluminense Football Club. Weber tentou repassar ao clube um software da Microsoft e embolsar R$ 58 mil pela venda. Weber já tinha praticado o crime contra o Tijuca Tênis Clube, levando uma quantia de R$ 30.000. De acordo com os agentes, o hacker também é suspeito de ter roubado R$ 6 milhões do Banco do Brasil. Ele está sendo encaminhado para Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, na Cidade Nova. Processando o envio...
Rio
O Globo (economia.online@oglobo.com.br)
'Meu amigo foi atacado por um hacker'; sistema da Microsoft tenta evitar roubo de senhas no Hotmail
Publicada em 15/07/2011 às 11h29mRIO - O Hotmail, serviço de e-mail da Microsoft, anunciou na quinta-feira uma iniciativa para reforçar a segurança no correio eletrônico. Segundo a companhia, muitas contas têm senhas fracas que as tornam alvos fáceis para os hackers, além de se tornarem motivo de dor de cabeça não só para o dono da conta, como também para seus contatos. Quando um e-mail é invadido, muitas vezes é utilizado para enviar spam, importunando até quem protege a sua conta. Para evitar problemas, a Microsoft criou uma função de menu que alerta a companhia sobre possíveis invasões. Um link com a frase "Meu amigo foi atacado por um hacker" pode ser encontrado na barra superior da ferramenta - quando uma mensagem for aberta. Basta o usuário ir até a seção "marcar como". Quando delatada uma conta, a Microsoft cruzará a denúncia com outras informações de seu sistema de detecção para determinar se, de fato, o e-mail em questão foi invadido. Quando suspensa, a conta terá acesso bloqueado para o spammer e o dono do e-mail será informado sobre o processo de recuperação da xaia de correio e sobre solução para possíveis problemas. O Hotmail fez também um acordo com ou outros provedores de e-mail, como Yahoo e Gmail para enviar os relatórios de contas comprometidas. Outro ponto importante da nova política de segurança é a rejeição de senhas simples como "1234" ou "password". Acredite, a companhia afirma que elas são mais comuns do que imaginamos, assim como palavras simples como "love", "rock" e nomes de pessoas. Segundo especialistas, uma senha segura deve ser longa e conter caracteres em caixa alta e baixa, pontuação e algarismo. Outro novo recurso lançado em breve impedirá que um novo usuário escolha uma senha fácil quando se inscrever para uma conta ou ainda impedir que um antigo, ao tentar alterar sua senha, o faça com uma senha simples. Ainda de acordo com a Microsoft, caso o usuário esteja utilizando um senha comum, no futuro, ele será solicitado a alterá-la para uma senha mais forte. Processando o envio... Esta reportagem não recebe mais comentários. Prezado leitor, Clique aqui para fazer cadastro/login no site O Globo
Tecnologia
O Globo (opais@oglobo.com.br)
Polícia Federal abre inquérito para investigar invasão de hacker ao e-mail da presidente Dilma durante a eleição
Plantão | Publicada em 30/06/2011 às 16h54mRIO - A Polícia Federal abriu inquérito para apurar a invasão do correio eletrônico pessoal da presidente Dilma Rousseff por hacker, conforme reportagem publicada nesta quinta-feira, pelo jornal Folha de S.Paulo . A investigação foi determinada nesta quinta-feira pelo ministro José Eduardo Cardozo. De acordo com areportagem, o hacker tentou vender os arquivos a políticos de partidos da oposição - DEM e PSDB -, mas não conseguiu. DECISÃO : Investigações de ataques hackers vão correr sob segredo de justiça, diz PF NA MADRUGADA : Hackers promovem ataques a sites de prefeituras NÚMERO ESPANTOSO : Cerca de 200 sites públicos foram atacados por hackers, diz Serpro Segundo os repórteres da "Folha de S. Paulo", que se encontraram com o hacker na segunda-feira, em Taguatinga, no Distrito Federal, ele disse que se chama Douglas, está desempregado, mora na cidade e tem 21 anos. Ele também disse que não faz parte do grupo LulzSecBrazil, que na semana passada atacou alguns sites do governo, como o da Presidência da República . Processando o envio... Esta reportagem não recebe mais comentários. Prezado leitor, Clique aqui para fazer cadastro/login no site O Globo
País
Ricardo Noblat
Hacker mesmo é outra coisa
Pedro Doria, O Globo Mal entrou no cenário mundial, ganhando manchetes e derrubando sites, e a turma do LulzSec já está pedindo o chapéu. Nada como as primeiras prisões para enquadrar os meninos. Eles por certo chamaram a atenção para a fragilidade de um bom conjunto de sites corporativos. Mas, no fim, sobra pouco de suas ações. Coisa de meninos, mesmo, que querem aparecer. Se por vezes parece estar ali algum lustre político, é só ilusão. Hacker de verdade é muito diferente. Ainda são muitos os programadores de boa cepa que se ressentem do uso que nós jornalistas fazemos da palavra "hacker". Na origem, o hacker não é bom ou mau. Ele é só excepcional, hábil como poucos na lida com o digital. Os primeiros hackers eram acadêmicos, cientistas da computação. Não é só a habilidade que os distinguia. Seguiam é um credo que nasceu do método científico e da contracultura. A informação quer ser livre. Deve ser livre. Dividiam informação. Trocavam macetes. E, com uma certa arrogância, invadiam os computadores onde a informação que buscavam estava protegida. Consideravam que ninguém tinha o direito de proteger informação útil à comunidade de programadores. Mais que busca por fama ou fortuna, curiosidade os movia. Leia mais em Hacker mesmo é outra coisa  
Tecnologia

Statistics

Total run time: less than 5 seconds

Total cpu time used: less than 5 seconds

Total disk space used: 18.9 KB

History

Scraper code

Python

scraperwiki-aula1 / scraper.py